Como escolher amplificadores ?

 

O que são amplificadores?

Amplificadores são os elementos ativos do sistema de som.

Basicamente ele aumenta (amplifica) um sinal de baixa intensidade transformando-a em um sinal de alta intensidade essa relação é chamado de ganho. Em um sistema de som ambiente o sinal de baixa intensidade é proveniente de um aparelho externo como um notebook, tablet, celular, DVD player, modem de TV à cabo, etc... esse sinal possui baixa potência e não excita um alto falante, sua potência é da ordem de mili Watts. Para que o sistema funcione é necesssário o uso de um amplificador que "aumenta" a potência em dezenas, centenas de Watts o suficiente para que os alto falantes trabalhem. 

 

O que é relação potência e impedância?

Os amplificadores "entregam" determinada potência de acordo com a impedância que ele encontra em sua saída, simplificando, a impedância é a dificuldade que o amplificador enfrenta para a passagem de corrente elétrica e ela respeita um relação:

Potência = Tensão de saída² ÷ impedância ou  P = V² ÷ R

                                                 No caso prático deste amplificador temos seu melhor                                                                    desempenho quando associamos em sua saída uma

                                                 carga de 4 Ohms, veja:

 

                                                  Potência = 100W

                                                  Impedância = 4Ω (Ohms)

                                                  Tensão elétrica = ?

 

                                                   100W = V² ÷ 4Ω

                                                    V = √ (100 x 4)

                                                    V = 20V

                                                   Se associarmos uma carga de 8 Ohms teremos uma queda de potência de 100W para 50W ou seja, dobramos a impedância e a potência cai pela metade, por quê? 

Porque se sabemos qua a tensão de saída é fixa (20V neste amplificador) e a aplicando na fórmula temos:

                                          P (W) = 20V² ÷ 8Ω

                                          P= 400 ÷ 8

                                          P = 50W

 

E se baixarmos a impedância? Teremos mais potência?

Na teoria sim mas na prática não, supondo que a impedância caia para 1 Ohms, teremos:

 

                                         P (W) = 20V² ÷ 1Ω

                                         P = 400W

 

Mas uma outra regra deve ser aplicada, é a lei de Ohm, que diz que:

                                         Potência = tensão x corrente ( P = V x I ) ou seja,

                                400W = 20V x I (corrente)

                                         I = 400 ÷ 20

                                         I = 20A (amperes)

 

Essa amperagem é muito alta para os componentes internos do amplificador o que resulta na queima do aparelho.

 

 Para evitarmos prejuízos respeite as especificações do fabricante do aparelho.

 

Lembre-se que existe uma relação entre potência de entrada que é o consumo de energia elétrica do aparelho e a potência elétrica de saída, ambos os dados devem ser fornecidos no aparelho, lembramos que um aparelho não pode fornecer mais potência do que ele consome, no caso prático deste amplificador temos: 

 

* potência total: 100Wrms em 4Ω

** consumo: 130Wrms

As informações são coerentes, provavelmente 30Wrms são gastos na forma de calor o que é

normal para qualquer aparelho elétrico.

 

Não é só pela potência que o amplificador deve ser analisado, a distorção que ele apresenta em relação ao sinal de entrada e o de saída deve ser levado em conta, por padrão no Brasil a distorção harmônica (THD) tolerada fica em média próximo a 10%, vejamos em nosso caso:

 

***Distorção Harmônica tota: 0,01% a 100mV a 1KHz. 

 

Significa que quando injetado um sinal de 1000Hz (que está na faixa audível do ser humano que é de 20 a 20000Hertz) o sinal recebe uma distorção de 0,01% a cada 0,1V, como sabemos que a tensão de saída é de 20V a distorção fica em torno de 2% em potência máxima com carga em 4 Ohms.

Tags: amplificador de som ambiente, amplificador para som ambiente, instalador de som ambiente, instalação de som ambiente, potência para som ambiente, equipamento para som ambiente, amplificador de som ambiente, amplificador para som ambiente, instalador de som ambiente, instalação de som ambiente, potência para som ambiente, equipamento para som ambiente, amplificador de som ambiente, amplificador para som ambiente, instalador de som ambiente, instalação de som ambiente, potência para som ambiente, equipamento para som ambiente, amplificador de som ambiente, amplificador para som ambiente, instalador de som ambiente, instalação de som ambiente, potência para som ambiente, equipamento para som ambiente,  sistema de som ambiente, caixa acústica para som ambiente, como instalar som ambiente, som ambiente profissional.

Amplificador AB 100 R4 características técnicas:

 

Pot. máxima total*: 100Wrms em 4 Ω

                                         50Wrms em 8 Ω

Consumo**: 130Wrms

Distorção Harmônica total***: 0,01% a  100mV a 1Khz.

Amplificador AB 100R4  NCA
Home